Comida di Buteco começa hoje e vira tema de trabalho acadêmico

Como diria Ludmilla, é hoje! Tá começando a 9ª edição do Comida di Buteco em Salvador, com 30 bares de uma ponta a outra da capital baiana. Outras 19 cidades participam simultaneamente da maratona, que segue até 15 de maio, totalizando cerca de 500 estabelecimentos em todo o país.

Uma novidade bacana é que, este ano, a disputa inclui um concurso inédito pra eleger o melhor boteco do Brasil. A votação nacional ocorrerá em junho e o grande vencedor será revelado em um evento no Rio de Janeiro, no mês de julho.

Outro dado novo é que, além de não estabelecer tema ou ingrediente obrigatório, desta vez o concurso estipulou o valor máximo dos pratos, que não pode passar dos R$ 25,90. E assim a disputa tende a ficar mais justa, pois não?

Mas, pra mim, o grande lance deste ano é que o CDB será tema do meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) do bacharelado de gastronomia, na Universidade Federal da Bahia. Por isso mesmo, excepcionalmente, recusei o convite pra ser jurada do concurso, deliciosa missão que vinha cumprindo desde 2010.

Mas já viu que tema desagradável eu fui escolher pra um trabalho acadêmico, gente? Pois bem, agora é hora de respirar fundo e focar na maratona de comilança pesquisa de campo, que começou antecipadamente na segunda-feira, com o lançamento do evento n’A Venda.

A anfitriã, dona Neide, tombou com um bolinho de carne de maniçoba. O bicampeão Caranguejo do Pascoal atacou de Sonho Meu!, uma torta de carne de sertão com quatro queijos servida com cremes de azeitonas e pimenta arriba saia.

Completaram o desfile de pratos os estreantes Bistrô.A, com o Bistrolinho (bolinhos de arroz recheado com carne defumada e banana, servidos molho de goiaba); Boteco da Mídia com o Trio Nordestino (queijo coalho empanado, charque desfiada acebolada e aipim cozido); e Caranguejojó, com o Risoto a Sertaneja (risoto de carne de sertão com mandioca).

Pra ver a lista completa de bares e petiscos concorrentes e saber mais sobre o concurso, clique aqui!

Nenhum comentário para "Comida di Buteco começa hoje e vira tema de trabalho acadêmico"

    Deixe seu comentário

    Seu email não será publicado.